Seguidores

domingo, 31 de Agosto de 2014

É CHEGADA A HORA DE FORTALECEREM SUA LUZ E SUA FÉ


É CHEGADA A HORA DE 
FORTALECEREM SUA LUZ E SUA FÉ
Mensagem de Arcanjo Metatron
Canalização de Sandra M. Luz
25/08/2014 

Amados Seres, EU SOU Arcanjo Metatron, o Senhor da Luz.

Vocês estão observando cada vez mais conflitos mundiais, calamidades e também estão vivenciando seus conflitos internos de uma forma mais intensa.

Para aqueles que não acreditam no poder da luz e do amor, tudo isto que vocês estão observando e sentindo tem o significado de “final dos tempos”.

Ao pensarem através dessa perspectiva não se fortalece a fé, o amor, a luz e vocês entregam seu poder maior para aqueles que não desejam que seja estabelecido o processo de evolução.

Durante muitos anos vocês foram alimentados com a ideia de que não tinham nenhum poder e de que só alguns “escolhidos” é que eram detentores de poderes capazes de definir suas vidas.

Mas a verdade sempre chega quando vocês se abrem para recebê-la.

Pouco a pouco, vocês foram sendo despertados para sua verdade interna, para sua divinidade, para sua unicidade.

Através do grande Plano Maior irradiações de luz e amor foram enviadas para que pudessem relembrar quem verdadeiramente são e o que estão fazendo aqui.

Amados, percebam que jamais estiveram sozinhos e desamparados, pois a luz e o amor sempre estiveram em vocês.

Se em algum momento sentiram-se desamparados e sozinhos, isto ocorreu porque não acreditaram no amor, na luz em seu interior e porque trouxeram para seu interior uma verdade que não era sua.

Quando você traz para seu interior uma verdade que não é sua, sua parte divina responde que não reconhece esta informação.

Como já compartilhamos, o processo de transição planetária está sendo estabelecido e, para isto, é necessária a contribuição de toda a criação.

Cada vez mais está sendo solicitada a elevação de suas consciências para que contribuam no processo de transição planetária.

Transmitimos informações para que pudessem assumir seus papeis neste processo de transição.

É chegada a hora de fortalecerem sua luz, sua fé e auxiliar despertando outros, transformando situações, destruindo conflitos, despertando o amor e a fé através da expansão de sua luz, de sua consciência.

Talvez alguns de vocês estejam dizendo: “O que devo fazer? Qual o meu papel?”

Estas respostas serão trazidas quando vocês colocarem suas sua mãos em seus corações e colocarem suas intenções puras de que querem cumprir suas missões.

Quando fizerem isto, estarão fazendo a conexão com suas partes divinas e, então, sentirão o que precisa ser feito.

Amados, vocês podem contribuir para que a luz, cada vez mais, seja irradiada dissolvendo conflitos, medo, dor, desrespeito, crueldade e tudo que não é reconhecido como sendo a frequência divina.

Não olhem para os conflitos com o sentimento de que nada podem fazer.
Sua luz e seu amor pode muito mais do que imaginam e é hora de mostrarem isto.

A dor do outro também é sentida em você, pois todos estão conectados.

Se desejarem encontrar paz, felicidade, harmonia e prosperidade, despertem o seu melhor, compartilhem o seu melhor.

Reconheçam o Deus que existe em vocês.


Esta é a verdade que compartilho.

EU SOU Arcanjo Metatron, o Senhor da Luz.


Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/08/metatron-e-chegada-hora-de-fortalecerem.html
É permitido compartilhar esta mensagem em sites e blogs desde que seja respeitado o texto original e os créditos ao autor.
sandramluz2010.blogspot.com.br
sandramluz2011@gmail.com


Extraído de: http://despertardanovaconsciencia.blogspot.pt

quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

PARTICIPAÇÃO CÓSMICA - 26/08/2014/vivo

DE QUE NOS VALE A RELIGIÃO?


Por vezes, as pessoas dizem que vivem muito bem sem estarem vinculadas a nenhuma crença. Que a religião não lhes faz falta.
E assim, não frequentam culto ou templo algum, não se envolvem nessas questões, conforme afirmam.
Verificamos que, enquanto tudo vai bem, a vida vai sendo vivida em abundância. O emprego está garantido, o salário é bom, a família segue sem percalços.
Os filhos estão na escola, alguns já conquistaram a alegria da aprovação no vestibular e frequentam a Universidade.
Contudo, a vida na Terra passa por fases. Nada é perene, mesmo porque vivemos num mundo de coisas transitórias. Dessa forma, a saúde que hoje nos abraça, amanhã poderá ter emigrado para longínquas estâncias.
Os amores que compartilham as alegrias do lar conosco, poderão ser os passageiros que abandonam a nave Terra, e, muitas vezes, de forma intempestiva, trágica.
Estamos passeando tranquilos e um acidente pode nos tolher a liberdade dos movimentos físicos, para o restante dos nossos dias.
Sentimo-nos muito bem, gozando os dias com trabalho, amigos, lazer e, de repente, uma enfermidade nos toma de assalto, enchendo de sombras os meses futuros.
Quando essas questões ocorrem e não desfrutamos do amparo da crença na verdadeira vida, na imortalidade da alma, na existência de um Deus justo e bom;
quando tudo que estava bom se torna ruim, como se fosse um acúmulo do que chamamos desgraças, os que não temos o esclarecimento dos objetivos da vida na Terra, e que vivíamos como se houvesse perenidade neste mundo, sentimos o chão nos faltar.
Então, o desespero se torna o companheiro constante porque não conseguimos aceitar a separação de um ser querido, arrebatado pela megera chamada morte.
E, se lembramos de Deus, nesses momentos, é para reclamar, para nos revoltarmos, porque a dor é imensa, quase insuportável.
Quando somos surpreendidos por diagnósticos que nos falam da morte iminente, quando somos tolhidos em nossas possibilidades de ampla liberdade, tudo se torna sombrio.
É para esses momentos que a religião se faz de importância. A religião que esclarece que todos fomos criados pelo amor de um Deus Pai, todo justiça e misericórdia.
Que somos Espíritos em trânsito por um corpo carnal, com dias contados sobre a face do planeta. Que nosso objetivo é progredir e que, para isso, contamos com dores e dificuldades, que testam a nossa fortaleza.
É nesses momentos que a oração, que aprendemos a pronunciar, em louvor e gratidão a esse Pai, se torna rogativa.
Nosso diálogo com Ele não é de revolta, nem de rebeldia, é a conversa do filho com o Pai, pedindo forças.
Conscientes de que a cada um é dado conforme as suas obras, guardamos a certeza de que um grave motivo existe para que o sofrimento nos envolva, seja em que forma se apresente.
É para isso que serve a religião. Aquela que esclarece porque nos encontramos sobre este planeta, que nossa estada por aqui é passageira, que logo mais adentraremos, novamente, o mundo espiritual, de onde viemos.
E, então, diluiremos a saudade no reencontro com todos os amados que se foram antes. E também ali chegaremos com a palma da vitória de quem soube vencer a dor, a doença e a morte, com a honra do filho confiante.
Pensemos nisso e agradeçamos a Deus a bênção da fé que nos conduz os dias e da religião que nos ilumina a consciência.

Redação do Momento Espírita. Em 25.8.2014.

ERNESTO CORTAZAR - Deep In My Soul
https://www.youtube.com/watch?v=jjBU74vGW6U

domingo, 24 de Agosto de 2014

CONTRA A VIOLÊNCIA



Como epidemia social, a violência vem tomando lugar na sociedade, de maneira generalizada.

Muitos vêm deixando de lado o trato social, abrindo mão das pequenas gentilezas cotidianas, como algo fora de moda ou de contexto.

Homens e mulheres, com honrosas exceções, vêm se permitindo extravasar a própria violência em ações e comportamentos.

Se estão no trânsito, a sua pressa justifica ultrapassagens ilegais e desrespeitosas, não cedendo passagem a quem pede, transformando-se, não raro, em uma verdadeira máquina de guerra, dentro de seu carro.

No trato cotidiano, a impaciência não lhe permite compreensão com algum idoso à sua frente, em um passo mais lento, natural da idade.

Com alguém que lhe pede breve informação, não oferece parcos minutos para a resposta valiosa.

E se alguém desavisado lhe ocasiona algum contratempo, transborda sua fúria em tratamento desrespeitoso, pautado por vocabulário vulgar e ofensivo.

A imprensa veicula notícias que se sucedem e impressionam pela violência, desequilíbrio e rudeza das pessoas.

Mata-se por motivos banais, corrompe-se vidas com justificativas levianas, agride-se física e moralmente como se fosse direito irrefutável.

Assim agem muitos, na atualidade.

Aturdido pelas conquistas tecnológicas, maravilhado pelas possibilidades do mundo moderno, o homem se deixa perturbar, por não dar conta de tantas possibilidades e novidades.

Ganha o mundo na velocidade dos cliques do computador, sabendo de tudo e de todos, nas mais variadas redes sociais.

Ao mesmo tempo, se desorienta por encontrar seus processos intelectuais e emocionais com as velocidades de sempre.

Em um único dia, é capaz de assimilar infindas informações, saber do que acontece em qualquer parte do globo, em tempo real, e de enviar dezenas de e-mails para todas as partes do mundo.

A sua intimidade, no entanto, ainda apresenta um imenso universo a ser descoberto e explorado.

Aparelhado de todos os recursos tecnológicos, não consegue buscar ferramentas no seu mundo interno para enfrentar com equilíbrio os desafios da sociedade moderna.

Por isso, aturde-se. Aturdido, agride.

Torna-se violento, como mecanismo de defesa, para esconder a própria fragilidade.

Quanto mais violento, mais frágil, mais precisando de amparo.

Esses violentos são, na verdade almas enfermas, com dificuldades para dar conta de si e do mundo.

Para conviver com eles, importa armar-se de paz, a fim de agir de maneira sensível, gentil e sensata diante da palavra rude.

Para o comportamento bruto, o trato amável. Para a impaciência, a calma. Para a grosseria, a compreensão.

Somente assim, armados de paz, é que conseguiremos combater a violência.

Sejam os nossos os instrumentos da paz, em todas as circunstâncias.

Na análise do nosso comportamento, na oração e meditação cotidianas, invistamos no hábito das ações serenas e ponderadas.

Dessa forma, munidos de paz, finalmente teremos o antídoto eficiente para agir nestes dias de violência.

Redação do Momento Espírita. Em 23.8.2014.

Fonte: http://www.momento.com.br

"Deep Peace" Spiritual. Tribute to Bill Douglas

https://www.youtube.com/watch?v=n14A2z_1Sho

sexta-feira, 22 de Agosto de 2014

MENSAGENS E CANALIZAÇÕES - SaLuSa (Sírius)



  Mike Quinsey - SaLuSa, 15 Agosto 2014

Estamos trabalhando continuamente para minimizar os efeitos das tentativas das trevas de eliminar grande parte da sua população. Isto faz parte de plano deles de longo prazo, e suas formas de fazê-lo são com a introdução de doenças e outros métodos pelos quais eles podem lentamente reduzir seus números. No entanto, por um longo período de tempo usamos a nossa capacidade e conhecimento superior para as combater. Então vocês entendem Queridos, que assim estão impedindo uma catástrofe, ao se permitir continuar o seu bom trabalho na divulgação da Luz. Portanto, não tenha medo das trevas pois os seus poderes estão agora muito limitados, e por razões cármicas devemos permitir-lhes exercer uma certa quantidade de livre-arbítrio. Tenha a certeza de que todas as ações adversas que estão agora acontecendo em seu mundo, são apenas o período final em que o carma está sendo jogado fora. O que exteriormente parece ser, tende a criar uma situação mais terrível do que a realmente existente, ao passo que serão de curta duração e monitorados continuamente por nós. Tenha sempre em mente que, no futuro não muito distante, você vai se levantar e desfrutar de total paz e estará livre da atenção dos que pertencem às trevas.

Você está no bom caminho para o estabelecimento de uma nova era de paz, e agradecemos a todos aqueles que têm dedicado suas vidas para realizá-la. Nós fazemos a nossa parte ajudando-o e orientando-o onde a ajuda for necessária. Também protegemos você contra interferências, embora haja momentos em que temos que lhe permitir ser testado. Vocês são os pioneiros de uma Nova Era e admiramos sua dedicação às tarefas. Em breve teremos contato direto, e quando as circunstâncias o permitam, iremos abertamente ao seu meio. Não é que nós ainda não temos contato com você, pois podemos influenciar suas ações e também quando você está fora do corpo quanto está dormindo. Costumamos nos encontrar com você, mas para evitar distrai-lo de seu plano de vida, na maioria das vezes nos o deixamos sem memória dele ao acordar. É por isso que muitas vezes você acorda revigorado e à vontade, sem perceber a razão disso. Pode contatar-nos simplesmente enviando-nos os seus pensamentos, mas não necessariamente espere uma resposta imediata. Nem sempre podemos conceder seus desejos, e mesmo assim a nossa resposta pode ser diferente da que você espera.

Em todos os níveis sobre a Terra o trabalho prossegue, o que está levando a sua libertação das trevas, que já estão enfraquecidos pelo rompimento de seus contatos e recursos cada vez menores. Eles ainda são, porém, capazes de interferir com o seu trabalho, mas não na medida em que eles faziam no passado. No entanto, por favor, não desperdice sua energia, foque-se muito em suas atividades, pois nós temos todos os assuntos sob controle. Nós, contudo, acrescentamos que nem sempre podemos ir tão longe quanto gostaríamos. Tenha certeza de que, do nosso ponto de vista, tudo ainda continua bem, e nada permitirá alterar o resultado planejado. Dentro de alguns anos, vemos a possibilidade de grandes mudanças, que vão levar a humanidade para a frente para começar um novo período em suas vidas.

Alguma vez você já se perguntou por que, por vezes, um grupo de pessoas pode estar presente quando surge uma nave ET, e ainda assim nem todos podem vê-la. A razão mais provável é que os observadores estão em diferentes níveis de vibração. Se o nível deles não é alto o suficiente, os sensores de seus olhos não podem captar os objetos, e por razões semelhantes nem todas as pessoas podem ver aparições fantasmagóricas. A desvantagem adicional de ter uma baixa vibração, é que ela representa uma barreira para receber todos os tipos de impressões que você poderia receber. A medida em que o tempo passa, e as vibrações continuam a subir, mais e mais pessoas despertam para o seu potencial até que a Ascensão chegue, quando todos devem partilhar um maior grau de sensibilidade. Estas são apenas algumas das mudanças que estão ocorrendo, que a longo prazo verão o homem se tornar um ser galáctico de imenso poder e habilidades.

Por isso, Queridos, vocês tem um futuro maravilhoso pela frente, que será mais agradável e emocionante ao seguirem sua própria escolha de evolução. Já alguns de vocês estão sentindo que as mudanças estão ocorrendo, e não há nenhuma dúvida em sua mente de que grandes mudanças estão em andamento. Reiteramos que estes são tempos que serão uma encruzilhada de caminhos, e apenas aqueles que tiverem vibrações suficientemente elevadas se elevarão. Tenha certeza de que a cada alma tem sido dada as mesmas oportunidades para evoluir em qualquer ritmo que escolher. Alguns preferem uma abordagem deliberadamente lenta, enquanto outros estão preparados para assumir desafios que irá acelerar o avanço. No entanto, sempre há guias na mão para dar-lhe conselhos com base no que eles sabem sobre você.

Como você pode imaginar, muitas almas estão ativas onde você estiver preocupado, e embora possa parecer que você está sozinho, você está de fato sempre acompanhado em suas viagens. Se você se lembrar de reconhecer seus ajudantes invisíveis e compartilhar suas opiniões com eles, eles serão mais capazes de ajudá-lo. Tudo é para a sua experiência e tenha em mente que você terá tido vidas em ambos os lados da linha. Portanto, é essencial que você permita que os outros façam a sua própria escolha de experiência, pois tudo é escolhido com a vossa evolução espiritual em mente. Além disso, não fique julgando os outros, porque você não saberá as razões para as escolhas que eles fizeram. Basta ter em mente que cada alma está preocupada em fazer seu próprio progresso espiritual, e que isto exige experimentar ambos os aspectos positivos e negativos da vida. Vocês todos estão envolvidos em experiências semelhantes que fazem parte de seus planos de vida, e como nada acontece por acaso aproveitem as oportunidades de evoluir muito a sério.

Eu sou SaLuSa, de Sírio, e asseguro-lhe que você está ativamente envolvido no seu plano de vida, pois existem muitas opções para escolher qual delas você seguirá. Ao encarnar você pode, por exemplo, escolher em qual a família você nascerá, embora estes sejam selecionados por você para ter oportunidades que você precisa para evoluir. Alguns de vocês acharão isto difícil de acreditar, mas tenha em mente que antes de encarnar você estava ciente das lições que precisava aprender. Você é uma linda alma em evolução para um nível superior, e muito amor segue com você em todos os momentos.

Obrigado, SaLuSa.
Mike Quinsey 

Website: Tree of the Golden Light 
Tradução: Adriano Pereira 

Uma versão em áudio de muitas mensagens de SaLuSa em Português podem ser encontradas aqui. 


Aos Leitores de Língua Portuguesa.
Procuramos continuamente ajuda para o nosso trabalho, portanto, se dominar bem a postagem de mensagens em blogs. não hesite em contactar-nos no seguinte endereço: luisavasconcellos2012@gmail.com Obrigada! 


Vizualização Mundial - Por favor Juntem-se a Nós!


Fonte: http://www.galacticchannelings.com   

quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

DISCIPLINA DO PENSAMENTO



Você consegue imaginar quantos pensamentos temos por dia?

Estudiosos informam que temos entre sessenta a noventa e cinco mil pensamentos em vinte e quatro horas.



É uma quantidade realmente muito grande...


Isso significa, por exemplo, que durante esta mensagem poderemos chegar a ter entre duzentos a trezentos e trinta pensamentos!

Trazemos então uma primeira reflexão: Quantos desses tantos pensamentos diários são bons, úteis? Quantos são maus, inúteis?

Infelizmente a maioria deles ainda não pode ser classificada como pensamentos saudáveis e construtivos, porém, existem formas de se disciplinar o pensar, pois bem pensar é a elevada forma de se viver.

Aqui vão alguns ensinamentos importantes a respeito da disciplina do pensamento.

Se meditarmos em assuntos elevados, na sabedoria, no dever, no sacrifício, nosso ser impregna-se, pouco a pouco, das qualidades de nosso pensamento.

É por isso que a prece improvisada, ardente, o impulso da alma para as potências infinitas, tem tanta virtude.

É preciso aprender a fiscalizar os pensamentos, a discipliná-los, a imprimir-lhes uma direção determinada, um fim nobre e digno.

Cada tipo de pensamento tem que ter a sua hora, o seu lugar. Não devemos estar em casa, com a família, e com os pensamentos em outro lugar, como, por exemplo, no ambiente de trabalho.

Cada vez que surja um mau pensamento, essa fiscalização fará com que um alerta se acenda em nós, e tomemos alguma atitude para expulsá-lo o mais rápido possível.

É bom também viver em contato, pelo pensamento, com escritores de gênio, com os autores verdadeiramente grandes de todos os tempos e países, lendo, meditando sobre suas obras, impregnando o nosso ser da substância de suas almas.

É necessário escolhermos com cuidado nossas leituras, depois amadurecê-las e assimilar-lhes a quintessência. Em geral lê-se demais, lê-se depressa e não se medita.

O estudo silencioso e recolhido é sempre fecundo para o desenvolvimento do pensamento. É no silêncio que se elaboram as obras fortes.

Há também a prática de meditar. Na meditação o Espírito se concentra, volta-se para o lado grave e solene das coisas. A luz do mundo espiritual banha-o com suas ondas.

Evitemos as discussões ruidosas, as palavras vãs, as leituras frívolas.

Sejamos sóbrios de jornais, TV e Internet. O contato com essas mídias, fazendo-nos passar continuamente de um assunto para outro, torna o Espírito ainda mais instável.

A alma oculta profundezas onde o pensamento raras vezes desce, porque mil objetos externos ocupam-no incessantemente.

Disciplinar os pensamentos significa disciplinar a vida, e escolher caminhos mais seguros.

Na nascente de todos os atos, palavras e ideias estão os pensamentos. Mudemos a matriz e teremos uma vida renovada e mais feliz.

Lembremo-nos: bem pensar é a elevada forma de viver!


Redação do Momento Espírita com base no cap. XXIV, do livro O problema do ser, do destino e da dor, de Léon Denis, ed. Feb. Em 24.05.2011.

Fonte: http://www.momento.com.br

Extraído de: http://espirito-de-cura.blogspot.pt

sábado, 16 de Agosto de 2014

O SOFRIMENTO NOS FORTALECE


Nossa visão limitada dos acontecimentos da vida, às vezes, não nos permite entender os mecanismos divinos na coordenação da Sua obra.

Quando vemos um pequeno ramo verde romper a terra firme e elevar-se na direção do sol, buscando instintivamente a luz, não compreendemos quais são os objetivos divinos para a pequena planta.

Passados alguns dias, voltamos a atenção para o pequeno ramo e nos surpreendemos...

Já não é mais um raminho, está mais forte. Contudo, o vemos agora ser açoitado por rajadas de vento, por chuvas torrenciais ou pelo sol escaldante. 

A pequena planta se dobra... É jogada de um lado para o outro. Algumas folhas, ainda frágeis, não resistem, desprendem-se do galho e são levadas... 

A chuva castiga, o sol maltrata, mas a pequena árvore não sucumbe. 

Dentro de alguns anos o tronco estará mais firme, já não se dobrará tanto com os açoites do vento, e as raízes buscaram sustentação no solo generoso. 

E nesse fenômeno da natureza os objetivos do Criador se cumprem... 

A semente se converte em planta, que se faz árvore, floresce, frutifica e espalha novas sementes que germinarão e frutificarão. 

* * *

Como ocorre com a árvore, nós também passamos por momentos em que sentimos, no corpo e na alma, os açoites do vento cruel dos sofrimentos.

Outras vezes, são as tempestades de problemas que testam a nossa resistência...

Em outros momentos é o sol escaldante da solidão, do desalento, fazendo-nos exaustos e desejosos de nos deixar cair para não mais levantar... 

Ainda aí, devemos nos espelhar nos exemplos da natureza. 

A árvore somente se mantém em pé porque se faz flexível diante dos embates. 

Enquanto o vento a faz dobrar-se, as raízes se firmam no solo, tornando-a mais forte e resistente. 

Mesmo quando as baixas temperaturas do inverno lhe crestam a ramagem, ela não desiste, permanece em pé, aparentemente vencida, para, logo mais, enfeitar-se novamente com folhas e flores e continuar em busca do sol, sua fonte de vida. 

Pensando a respeito dessas singelas experiências da natureza, poderemos entender os objetivos do sofrimento em nossas vidas. 

Jesus, o Espírito mais sábio de que a Terra teve notícias, alertou que nada há oculto que não venha a ser descoberto. Essa é a realidade da qual não poderemos fugir, por mais que tentemos. 

Assim sendo, é decisão inteligente de nossa parte agirmos de tal forma que, se forem divulgados nossos pensamentos e atos, de nada tenhamos que nos envergonhar. 

Em outras palavras, é importante que nossa vida seja um livro aberto, do qual não tenhamos de arrancar nenhuma página ou adulterar nenhuma linha, na tentativa de enganar a ninguém, muito menos de enganar a Deus. 

* * * 

Uma das causas de sofrimento dos Espíritos é o fato de perceberem que os equívocos cometidos não se apagaram com a morte. 

Muitos tentam fugir de suas vítimas, que os aguardam no além-túmulo, ou fugir de si mesmos, tamanha a carga negativa que acumularam na própria consciência. 

Assim, enquanto estamos a caminho, repensemos nossos valores, nossas atitudes. 

E se percebermos que não estamos agindo de acordo com a sã consciência, corrijamos o nosso passo, para nosso próprio bem. 

Redação do Momento Espírita. Em 19.09.2008. 

Fonte: http://www.momento.com.br

Extraído de: http://espirito-de-cura.blogspot.pt
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...