Seguidores

terça-feira, 6 de outubro de 2009

SONHOS E DESEJOS



Mensagem de Yeshua através de Judith Coates
3 de Outubro de 2009


Amados, eu gostaria de lhes falar agora sobre os sonhos e desejos, os sonhos à noite e as suas mensagens, sim, mas mais do que isto eu lhes falaria sobre os sonhos que vocês têm, como objetivos de algo que querem ver se manifestar.

Todos vocês têm sonhos do que gostariam de ver acontecendo em seu futuro, e vocês passam parte do seu tempo durante o dia com os devaneios, quando vocês visualizam o que gostaria de ver se manifestar e o que gostariam de experienciar. Isto é muito bom, porque permite que o seu ponto de foco se expanda e participe, verdadeiramente, com a sua divindade; que participe com o poder ilimitado que vocês têm.

Como seria se vocês pudessem se mover para uma das possibilidades ilimitadas do devaneio? Como seria se todas as limitações fossem tiradas do que vocês sonhassem, como seria? Os devaneios são importantes.

O desejo é o que ativa e traz à forma manifesta, os devaneios. Como falamos muitas vezes, suas palavras mantêm indícios para vocês. Examinem as suas palavras. Conscientizem-se de quais palavras vocês escolhem.

A palavra "desejo" verdadeiramente é "de" "sir" - do Senhor, do Pai. Portanto, os seus desejos vêm do Pai. Estejam atentos para os seus desejos. Estejam atentos aos seus devaneios. Conscientizem-se do poder da imaginação. A imaginação é uma ferramenta, um presente que vocês colocam em sua realidade, de modo que possam brincar com a possibilidade de tirar as limitações e assim, manifestar aquilo que gostariam de ver em seus devaneios e em seu desejo.

Quando vocês unem os dois, quando trazem o devaneio ao alinhamento com o desejo, o desejo coloca a energia no devaneio para fazê-lo acontecer. Quando é do Pai, quando é da Divindade e é do seu caminho divino, então o devaneio se manifesta. Não há nada que possa retê-lo.

Assim comecem primeiro com o devaneio. Sempre que tiverem tempo para devanear, pensem no que gostariam de ver em seu futuro e o que gostariam de ver manifestado no mundo. Então perguntem: "Isto está em alinhamento com o meu Eu divino e com o Eu divino dos outros? Isto é do Pai?"

Algumas vezes vocês terão que examinar e se interiorizarem muito para ver de onde vem o devaneio, de ver "Por que eu quero ver este sonho se realizar? Ele está baseado no ego que quer tornar manifesto algo pelo que outros então se vangloriariam? Ou, ele é baseado no medo de que eu não compreenda este sonho, de que algo realmente desastroso poderia acontecer? Ou, ele se baseia no pensamento limitado?"

Isto pode ser difícil quando vocês se interiorizarem profundamente, porque o pensamento limitado tem sido um presente que as gerações deram inúmeras vezes às gerações mais jovens. É a voz que diz: "Bem, isto seria agradável, mas provavelmente não pode acontecer."

Assim, interiorizem-se e perguntem: "De onde vem este sonho? Por que eu quero manifestar isto?" Jogue com todos os parâmetros do devaneio. "Como isto seria?" Imaginem por cerca de um minuto "E se" "E se o pensamento limitado não for verdadeiro? E se eu pudesse manifestar o sonho em alinhamento com o desejo? E se?"

Por exemplo, e se vocês vivessem verdadeiramente em um universo amistoso, e que todas as histórias dos seus ETs estivessem baseadas na crença de que esta realidade afirma que há o bem e que há oposição ao bem? Esta realidade, como dissemos muitas vezes, está baseada em uma crença na dualidade, que há o bem e que há o mal, mas e se esta realidade fosse somente uma caixa de areia, somente um lugar para brincar, e que há muitas outras caixas de areia que não acreditam na dualidade?

E se todas as suas histórias sobre o universo, sobre como os ETs terão mais poder do que vocês, como eles virão e os surpreenderão, não é verdade? Algumas de suas histórias de Hollywood gostam de lhes trazer muito drama. E se houver inteligência além deste planeta, e se esta inteligência for uma inteligência positiva, uma inteligência amistosa? E se houver um universo aliado? E se as histórias que vocês já ouviram, fossem apenas isto, histórias? Vocês amam as histórias. Vocês amam o drama. Vocês adoram se divertir com o afluxo de adrenalina. Afinal, isto os faz sentir vivos. Se vocês estiverem em um determinado espaço de medo ou drama e a adrenalina estiver fluindo, vocês se percebem como totalmente vivos.

Assim quando tiverem um sonho com algo que querem ver manifestado, entrem nisto profundamente. Como isto seria? Como isto pareceria? E sim, isto mudará enquanto brincam com isto, porque os limites do sonho que vocês têm serão um pouco fluidos. Vocês pensarão: "Bem, isto terá tais e tais qualidades", e então vocês dizem: "Bem, talvez mais como..." E então isto lhes sugere algo diferente.

A mente estará muito agitada. A imaginação estará muito agitada. Então chegará um momento em que o coração estará em alinhamento com a mente, e então vocês saberão que o sonho entrou em alinhamento com o desejo. O coração lhes dirá que isto parece adequado.

Muitos de vocês foram criados com os ensinamentos dos pais e de figuras de autoridade, que pensavam, ou pelo menos lhes deram a impressão que eles sabiam o que era melhor para vocês. Quando vocês eram pequenos, vocês aceitavam o que eles lhes davam, porque vocês, por causa da sobrevivência, achavam que provavelmente era melhor concordar. Entretanto, enquanto os anos passavam, vocês diziam: "Talvez eles não estivessem tão certos quanto pensavam. Talvez eu saiba o que é melhor para mim, melhor do que qualquer outra pessoa". E vocês sabem, porque vocês são aqueles que estão caminhando em suas sandálias. Ninguém mais, (mesmo bem-intencionados como eles possam estar), pode lhes dizer como é caminhar em suas sandálias. Ninguém mais, até eu ou outros Mestres Ascensionados, podem lhes dizer o que é melhor para vocês, mas vocês saberão quando a mente e o coração entrarem em alinhamento, quando vocês chegarem a este espaço em que o sonho do que vocês esperam que possa ser, chegue a este espaço de conhecimento. Quando vocês trazem o sonho do que querem ver manifestado e o que querem experienciar no lugar da compreensão, "Eu já o tenho", então o coração lhes permite enviá-lo novamente à mente para fazer o planejamento técnico de como será a estrutura.

Ouçam-me bem. Quando vocês chegarem à compreensão do fato de que vocês já têm este sonho - em potencial - então o coração envia a mensagem novamente à mente - porque a mente é o servo do coração. "Como agora fazemos para que isto se manifeste? Quais são os elementos técnicos disto? Como é a estrutura? O que eu tenho que fazer? Qual é o primeiro passo?"

Se vocês estiverem pedindo a cura do corpo, saibam que verdadeiramente já a têm. Então permitam que a mente os dirija a determinados facilitadores, a determinados meios nutritivos que podem ser, no exterior, úteis. Mas saibam que, primeiramente, no coração, vocês já têm a cura do corpo. Ela já está realizada. Então a mente, como eu disse, os dirigirá a determinada orientação e falará com determinadas pessoas, e vocês seguirão aquilo que elas possam lhes oferecer, se parecer em ressonância com o que seria cura para vocês.

Enquanto vocês trazem os seus sonhos ao alinhamento com o coração, em alinhamento onde o desejo do Pai conhece o próximo passo, vocês terão as experiências mais milagrosas - de acordo com o mundo.

Agora vocês têm evidência de que a Inteligência do Universo está se fazendo sentida de modos que não podem ser explicados pela sua atual tecnologia. Vocês têm os mais maravilhosos círculos da colheita que estão sendo feitos por toda a sua sagrada Mãe Terra; não pelo homem, porque os homens tentaram fazer uma réplica e perceberam que não são iguais. E isto não está acontecendo apenas em um lugar, porque se fosse limitado apenas a um lugar, então os seus cientistas viriam com uma explicação para eles, ou pelo menos, tentariam.

Mas isto está acontecendo em todo o planeta, em locais diferentes, e os desenhos são os mais complexos. Os desenhos verdadeiramente são uma linguagem que evoca uma lembrança, apesar de aparentemente distante da consciência atual, mas uma linguagem que vocês conhecem. Vocês os observam e não podem interpretá-los, mas é o mesmo com muitos dos seus idiomas neste dia e tempo. Há muitos idiomas. Vocês sabem como se lê Russo? Vocês sabem como se lê o Grego? Há muitos idiomas que vocês observam e eles são rabiscos; belos rabiscos, alguns dos textos Aramaicos são belos rabiscos, mas o que eles significam?

Assim, olhem com respeito para os círculos da colheita e digam: "Estes projetos são maravilhosos, mas eu não sei o que eles significam." Virá um momento em que haverá um "Ah!" - um tipo de "Rosetta Stone" (compreensão do idioma através da tradução da imagem e não das palavras), que explicará o que os desenhos dos círculos da colheita significam. Haverá aqueles que terão os sonhos à noite, onde eles se levantam pela manhã e escrevem algo que absolutamente não faz sentido no idioma que vocês estão acostumados. Mas com o tempo, no tempo adequado e extraordinário, este texto será decodificado nos círculos das colheitas. Assim já está no processo.

Isto é por que eu lhes digo, reconheçam que vocês já o têm. Qualquer sonho que gostariam de manifestar, olhem ao seu redor e digam: "Eu já o tenho, agora o mostre para mim." Esta é a próxima questão separada do ego que dirá: "Bem, está certo, se eu já o tenho e se ele já existe, mostre-o para mim."

Se vocês tiverem qualquer sonho, se tiverem qualquer desejo com o qual estiveram trabalhando nesta existência e em outras existências - porque vocês vieram a esta existência trazendo os sonhos, as esperanças, as visões de querer conhecer o Lar aqui nesta experiência humana - aquelas visões estarão vindo mais e mais a sua consciência.

Vocês já têm o sentimento que "Eu quero ser livre. Eu quero conhecer o poder de ser invulnerável, o poder de ser totalmente livre. Eu não quero me sentir à mercê das escolhas e imposições de outra pessoa. Eu quero viver no presente agora."

O passado pareceu impor o que vocês têm que ser no presente, mas na verdade, o passado não é real. Ele não está com vocês, exceto quando vocês o trazem a esta realidade. O passado, onde ele está? Na memória, somente. É por isto que lhes dissemos em outras vezes, se houve experiências em seu passado que não foram amorosas, que não foram o tipo que lhes permitiria se sentir bem em relação a vocês mesmos, vocês podem voltar e mudar aquelas memórias.

Qualquer experiência: talvez quando vocês eram pequenos e não compreendiam os modos do mundo e não compreendiam o que os seus pais queriam e eles ficavam rudes, severos, ríspidos com vocês, vocês podem voltar a esta memória, voltar novamente a ela, senti-la e então, mudá-la.

Reconheçam, primeiramente, que eles não os estavam vendo. Eles não os viam. Eles estavam reagindo a sua própria percepção do que eles pensavam que vocês eram, do que vocês estavam fazendo, o que eles tinham que fazer. Eles estavam reagindo às velhas percepções que tinham sido transmitidas a eles pelos seus pais, de geração à geração, e eles verdadeiramente não os viam.

Se eles os tivessem visto como o ser angélico que vocês são, se eles os tivessem visto como a luz e o amor que vocês são, o pequeno amoroso que queria somente agradar, eles não os teriam magoado. Mas eles não os viam. Sua percepção era a percepção moldada pelas suas experiências do que eles tinham aprendido dos seus pais e da sociedade naquele tempo, do que eles pensavam que eles tinham que fazer.

Assim vocês podem retornar a esta memória - e pode haver muitas daquelas memórias - e vocês podem mudar cada uma com o balanço da sua varinha mágica, perguntando: "Onde está o passado. Ele não mais existe, exceto quando o trago ao presente."

É como vocês são poderosos! Isto é porque vocês não estão limitados ao presente. Vocês não estão limitados até a como vocês vêem o futuro. Vocês farão o seu próprio futuro, pelo poder de mudar as suas percepções. Ouçam isto bem. Vocês farão o seu futuro de acordo como mudam as suas percepções.

É por isto que há um ditado em um dos livros que eu criei: "Eu estou determinado a ver as coisas de modo diferente. Eu desejo ver as coisas sob nova forma." Como vocês podem ver as coisas sob nova forma? Como isto seria se fosse diferente em sua percepção?

Eu amo o que vocês são, porque vocês são o próprio amor. Nada mais existe. O ego separado lhes dará muito drama com que jogar, mas isto é o que é - drama, uma história, algo com que jogar. É como a areia no quadrado de areia. Vocês podem lançar o passado, o drama, os sofrimentos no ar, e permitir que o vento os leve embora. Eles se foram.

Eu os amo sempre, porque sei o que vocês são: a Criança Divina e Inocente que vem jogar em um desagradável quadrado de areia.

Permitam-se os sonhos. Perguntem ao sonho: "O que isto significa verdadeiramente? Onde está o desejo em ressonância com o sonho?"

Saibam que vocês já o têm, e permitam o tempo adequado e extraordinário para que o sonho se manifeste.

Assim seja.

Jeshua ben Joseph (Jesus)

Em expressão através de Judith

Tradução: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br

Direitos Autorais 2007 - Oakbridge University. O material de Oakbridge é protegido por direitos autorais, mas livre para qualquer pessoa que queira usá-lo, contanto que os créditos apropriados sejam listados, incluindo o nosso web site: www.oakbridge.org.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...