Seguidores

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

HOJE A PAZ DE DEUS ME ENVOLVE!




O perdão nos mostra que a Vontade de Deus é uma só e que nós a compartilhamos.

Contemplemos as visões santas que o perdão nos mostra hoje para que possamos achar a paz de Deus.


O PERDÃO ME PERMITE SABER QUE AS MENTES SÃO UNIDAS


O perdão é o meio designado para o fim da percepção.

O conhecimento é restabelecido uma vez que a percepção é modificada e então dá lugar inteiramente àquilo que permanece para sempre fora do seu alcance.

Pois cenas e sons podem, no máximo, servir para trazer a memória que está além de todos eles.

O perdão varre as distorções e abre o altar escondido para a verdade.

Os seus lírios brilham no interior da mente e a chamam para que retorne e olhe para dentro, para achar o que inutilmente buscou do lado de fora.

Pois aqui e só aqui a paz é restaurada, pois essa é a morada do próprio Deus.

Em quietude, que o perdão apague os meus sonhos de separação e pecado.

E então, Pai, que eu olhe para dentro e descubra que a Tua promessa da minha impecabilidade foi mantida, que o Teu Verbo permanece imutável no interior da minha mente e o Teu Amor ainda habita no meu coração.


EU POSSO FICAR LIVRE DO SOFRIMENTO HOJE


Pai, eu Te agradeço pelo dia de hoje e pela liberdade que ele com certeza trará.

Esse dia é santo, pois hoje o Teu Filho será redimido.

O seu sofrimento acabou.

Pois ele ouvirá a Tua Voz dirigindo-o para achar a visão de Cristo através do perdão e para ser livre para sempre de todo sofrimento.

Obrigado pelo dia de hoje, meu Pai.

Nasci nesse mundo apenas para conseguir esse dia e alcançar o que ele encerra de alegria e liberdade para o Teu Filho santo e para o mundo que ele fez, que hoje é liberado junto com ele.

Fica contente hoje!

Fica contente!

Hoje não há espaço para mais nada além da alegria e da gratidão.

O nosso Pai redimiu o Seu Filho no dia de hoje.

Ninguém deixará de ser salvo hoje.

Nenhum de nós permanecerá no medo e o Pai não deixará de reunir nenhum de nós a Ele, despertos no Céu no Coração do Amor.


O JULGAMENTO E O AMOR SÃO OPOSTOS


O julgamento e o amor são opostos. De um vêm todas as tristezas do mundo.

Mas do outro vem a paz do próprio Deus.

O perdão olha apenas para a impecabilidade e não julga.

Através disso venho a Ti.

O julgamento limitará os meus olhos e me cegará.

Mas o amor, aqui refletido no perdão, lembra a mim que Tu me deste um caminho para achar a Tua paz outra vez.

Sou redimido quando escolho seguir esse caminho.

Tu não me deixaste sem consolo.

Dentro de mim, trago tanto a Tua memória quanto Aquele Que me conduz a ela.

Pai, quero ouvir a Tua Voz e achar a Tua paz no dia de hoje.

Pois quero amar a minha própria Identidade e Nela achar a memória de Ti.


Fonte: Um Curso Em Milagres / A Course In Miracles

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...